top of page
  • Foto do escritorRedação JM

A convivência com animais de estimação!

O afeto por animais faz parte da vida da maioria das pessoas. Quem tem ou já teve um bichinho de estimação muito querido sabe o real valor dessa experiência. Animais de estimação, por sua vez, também se mostram afetuosos.

Porém, tratar pets como pessoas pode ser inadequado quando implica prejuízos às atividades do dono, aos seus relacionamentos familiares e sociais, ao seu lazer ou ao bolso. Embora alguns pets pareçam humanos, eles não são. As necessidades de humanos devem ter prioridade sobre as de seus pets.

O animal, por mais ‘humano’ que possa parecer, tem necessidades próprias de liberdade, independência e atividade física. Ele necessita ter espaço para exercer os instintos com os quais foi naturalmente dotado, como farejar, vigiar, latir no caso dos cães e brincar com outros pets como forma de comunicação e de expressão emocional. Manter pets vestidos, em ambientes fechados e exigir deles comportamento quase humano poderá prejudicar sua existência, desenvolvimento, saúde física e emocional.

Pesquisa foi realizada sobre a influência da convivência com animais de estimação na vida das pessoas a partir da percepção dos tutores. Os voluntários para a realização da pesquisa foram seis estudantes universitários, tutores de no mínimo um animal de estimação. Através da aplicação de entrevistas semiestruturadas, foi possível coletar o perfil dos participantes, percepções que eles possuem sobre a influência dos animais de estimação na vida das pessoas, benefícios, aspectos negativos e sentimentos envolvidos nessa relação. A vida sem um animal de estimação a nossa casa parece que fica com a sensação de abandono, silenciosa e sentimento de solidão.

Lamentavelmente houve acidente. Tive a triste experiência com a morte de pet, para mim foi como se tivesse perdido um filho. É um sentimento doloroso e forte que não passa. Imploro que São Francisco de Assis me perdoe e que não cometa mais estas negligências imperdoáveis.

Lamentavelmente perdemos mais um cidadão santa-barbarense, ex-atleta, trabalhador e honesto, nosso grande amigo Gainete, carinhosamente chamado. A seus familiares, nossos sentimentos. Que Deus os conforte nos momentos de dor!


 


Comments


bottom of page