• Redação JM

Aroldi recebeu presidente do IBGE em Brasília para tratar do Censo 2020

O cuidado para obter o número mais preciso de habitantes por municípios tem sido uma preocupação conjunta do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que promove a coleta dos dados e da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Com o objetivo de alinhar detalhes da realização do Censo 2020, o presidente da entidade Glademir Aroldi, recebeu a presidente do IBGE Susana Cordeiro Guerra e outros membros da diretoria do Instituto.

Aroldi reforçou a importância do Censo 2020 para os municípios. “O prefeito sabe que, por causa de uma, duas ou três pessoas, ele pode perder R$ 1 milhão por ano. A gente conseguiu congelar os coeficientes em 2019 e para 2020 também. Estamos aguardando, então, o Censo de 2020 para poder trabalhar isso a partir de 2021”, disse.

O levantamento do número de habitantes nos municípios vai além de acompanhar crescimento, distribuição geográfica e evolução das características da população ao longo do tempo. Os dados auxiliam no fornecimento de subsídios ao Tribunal de Contas da União (TCU) para o estabelecimento das cotas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).