• Redação JM

Autoridades do Executivo e Legislativo de Saldanha Marinho tomaram posse

Na manhã de quinta-feira, 31 de dezembro de 2020, no Plenário Vereador Ottmar Neuwald da Câmara Municipal de Vereadores de Saldanha Marinho foi realizada solenidade de transmissão de posse das autoridades eleitas em 15 de novembro.

Foram empossados os poderes do Legislativo e Executivo de Saldanha Marinho.

Sirlei Aimi, por ser a vereadora eleita com maior idade presidiu a abertura dos trabalhos da solenidade.

Inicialmente, a mesa oficial ficou assim composta: Sirlei Aimi, Larissa Welter, Volmar Telles do Amaral, Selmo Damiani e Jair Birkan. Em seguida, foi executado o Hino Nacional. Após, o juramento dos vereadores: Adair Damiani, Carla Tereza Rodrigues Menezes, Juscelino Moreira, Luiz Ricardo Damiani, Marilú Elena Scherer Moraes, Orlei José Barbieri, Renato Carlos Pinto, Sirlei Aimi e Tiago Barden.

Na sequência, o vereador Renato Carlos Pinto foi eleito presidente e assumiu a mesa diretora do Legislativo, gestão 2021.

Em seguida, o juramento e posse do prefeito João Élcio da Fonseca e vice-prefeito Adão Julcemar Altmeyer de Saldanha Marinho.

Posteriormente, a mesa oficial ficou composta por Adão Julcemar Altmeyer e esposa Marilene, João Élcio da Fonseca e primeira-dama Ana Lídia, Renato Carlos Pinto, Larissa Welter, Volmar Telles do Amaral e Selmo Damiani.

Primeiramente, o ex-vice-prefeito Selmo Damiani se pronunciou à comunidade e fez agradecimento. “Gratidão: É o que se resume por tudo que vem sendo vivido pelas pessoas que acreditaram no nosso nome (meu e da Ângela). Gratidão pelo termo religioso. Agradeço minha família, família do ex-prefeito Volmar que caminharam conosco durante esses 8 anos de gestão pública, onde tivemos a oportunidade de mostrar nosso trabalho conduzindo muito bem e honestamente o município. Também dizer que aprendi muito com você (Volmar), tendo a missão do dever cumprido. Eu não tenho certeza de que temos tudo o que desejamos, mas temos tudo aquilo que queremos. Obrigado mais uma vez Saldanha Marinho por tudo que aprendemos durante o tempo que estivemos à frente do Executivo Municipal. Em meu nome e da Ângela Fachinello, quero desejar a nossa comunidade saldanha-marinhense e região um feliz Ano Novo. Parabenizo as autoridades dos poderes Executivo e Legislativo que formarão a gestão 2021/2024 em Saldanha Marinho.

O ex-prefeito Volmar Telles do Amaral também falou à comunidade dizendo: “Cumprimento a imprensa escrita, falada e das redes sociais. Assim também como o presidente do Legislativo Renato Carlos Pinto, demais vereadores, prefeito João Élcio da Fonseca e esposa, vice-prefeito Adão Julcemar Altmeyer e esposa pela posse de seus cargos, para que tenham sucesso e realizações na nova etapa de suas vidas. Quero mencionar que sairemos com o dever cumprido. Estamos deixando o Poder Executivo com muita alegria e satisfação de que fizemos muito mais do que esperávamos em termos de investimento na gestão pública, onde tivemos o apoio dos secretários, funcionários municipais, vereadores e principalmente da comunidade. Entregamos o cargo, deixando o município no caminho certo, no rumo certo, para que vocês da administração 2021/2024 possam fazer um belo trabalho, desejando assim muito sucesso para trabalharem juntos para Saldanha Marinho continuar a crescer e se desenvolver. Quero deixar também um 2021 cheio de sucesso e realizações. Dizer a todos, muito obrigado pela oportunidade me dada durante esses 8 anos que conduzimos o município com o Selmo Damiani na gestão pública”.

O vereador eleito para gestão 2021/2024 Renato Carlos Pinto, falou também sobre a importância em ser presidente da Câmara Municipal de Vereadores, ressaltando em ter humildade para trabalhar com a comunidade. Também sobre os poderes Executivo e Legislativo em fazer um bom trabalho para que as coisas aconteçam no prosseguimento da legislação, assim o município venha a crescer.

Na oportunidade, Renato falou da “contribuição do presidente para a administração, onde se deve ter consciência com o dinheiro público, tendo a maior responsabilidade do mundo em saber administrá-lo, pois sabemos o tamanho da responsabilidade que é exigida ao lidar com o mesmo. Desejo à comunidade para 2021: Tenha certeza que vamos estar trabalhando com muito esforço, tranquilidade, juntamente com o Executivo, fazendo sempre o melhor para a comunidade, já que em 2020 passamos por muitas dificuldades por causa da pandemia, mas seguimos de cabeça erguida e vamos continuar sendo sempre positivos para que as coisas boas possam acontecer”.

O vice-prefeito Adão Julcemar Altmeyer agradeceu a sua família, esposa, filhos, filha e neta pela força e carinho dedicado enquanto estava em campanha eleitoral. Agradeceu a comunidade que oportunizou através do voto popular para que fossem os representantes no Poder Executivo e assim também no Legislativo. “Pois temos uma missão de fazer o melhor por Saldanha Marinho, onde vamos batalhar muito com o Bobi dando seguimento na nossa sociedade para trazer conquistas e melhorias que Saldanha Marinho precisa. Desejo à sociedade e todo povo um feliz 2021, onde estaremos esperando os munícipes de braços abertos”.

O prefeito João Élcio da Fonseca emocionado relatou dizendo, quero agradecer meus familiares que estiveram ao meu lado na campanha eleitoral, os quais não mediram esforços para me apoiarem, enfim a todos que me ajudaram nessa caminhada. Parabenizo e tenho reconhecimento ao ex-prefeito Volmar Telles do Amaral e vice-prefeito Selmo Damiani pelos recursos deixados para dar sequência à administração, pois Saldanha Marinho não pode parar. Também desejo à comunidade, todos que se fazem presentes, aos ouvintes, representantes das rádios, jornais e as pessoas que nos assistem, um feliz 2021 repleto de realizações, que possamos passar por esta pandemia e logo ali à frente podermos estar nos abraçando comemorando a vida, que é o mais importante. Quero dizer que a felicidade não depende só dos caminhos que escolhemos seguir, mas também das pessoas que escolhemos para nos acompanhar”.

Destaca-se as palavras do prefeito Bobi, sempre emocionadas, devido à doença de seu pai que não pôde acompanhá-lo na campanha e nem na posse.

Para encerrar foi entoado o Hino Rio-Grandense.