top of page
  • Foto do escritorRedação JM

Clínica Interdisciplinar de Reabilitação Intelectual da Apae de Santa Bárbara do Sul

“O lúdico deve nortear a relação terapeuta - criança, sendo possível por meio da utilização de estratégias lúdicas o estabelecimento do vínculo, que é condição necessária ao processo terapêutico.

A Terapia Comportamental Infantil utiliza-se desta premissa na investigação e modificação do comportamento da criança, além de contar com a participação ativa da mesma durante o processo.

Assim, o vínculo terapêutico é um facilitador para o processo de mudança, o que exige do terapeuta comportamental infantil amplo repertório lúdico, que lhe permita fomentar a aliança terapêutica, que é preditora dos resultados do tratamento”, ressaltou a psicóloga Cassiane Antunes.


 


Comments


bottom of page