top of page
  • Foto do escritorRedação JM

Doações de arquivos do Jornal Minuano de 2022 para Saldanha Marinho e Santa Bárbara do Sul

Na sexta-feira (21), foram doados arquivos do Jornal Minuano de 2022 para Saldanha Marinho e Santa Bárbara do Sul.

A representante do Jornal Minuano de Saldanha Marinho, Inês Maria Napp Pertile entregou à Cinara Terezinha Barden, responsável pela Biblioteca Municipal, arquivo contendo 49 edições, referente ao ano de 2022.

Inês, “acho importante a entrega do arquivo do Jornal Minuano ao acervo da Biblioteca Municipal de Saldanha Marinho porque a comunidade pode pesquisar quando precisar de algo, pois consta o resumo dos acontecimentos do município. Os registros que o JM faz de Saldanha Marinho não são fáceis de encontrar em outros meios de comunicação da região e do estado, então é de extrema importância, pois conta a história do município desde o começo. As administrações devem apoiar sempre as iniciativas que somam para o desenvolvimento e divulgação dos trabalhos realizados pelos gestores municipais. Quem puder, assine, pois este arquivo vale a pena. Mais tarde, os jovens podem conhecer o valor e a história de Saldanha Marinho. Parabéns JM pelos 43 anos. Continue com este maravilhoso trabalho e a bela intenção de doar arquivos à Biblioteca Municipal”.

Cinara, mantenedora da Biblioteca Municipal disse que “é importante ter o acervo do JM e também para as escolas fazerem pesquisa sobre a história e os acontecimentos do município. Saber o que a administração está fazendo pelo desenvolvimento e crescimento do município tanto no interior quanto na cidade. Parabéns JM pelos 43 anos e continue nos presenteando com arquivos para a Biblioteca Municipal”.

A representante do Jornal Minuano de Santa Bárbara do Sul, Débora Maria Menezes entregou o arquivo à Linara Cristina dos Santos, historiadora e responsável pelo Museu e Arquivo Histórico - MAHSBS.

Débora, redatora do JM, acha que “é uma doação importante e um conhecimento a mais agregado aos munícipes e pessoas de fora, por mais que haja as redes sociais, futuramente os jovens podem pesquisar, se inteirar da história e dos acontecimentos de Santa Bárbara do Sul. A escrita no papel continua sendo documento completo e mais importante para todas as idades. Incentivar a leitura do jornal às crianças é a garantia da continuidade do JM e a preservação da história do município. Quem puder, assine. Parabéns JM pelos 43 anos. Tua história não se perde com o tempo”.

Linara disse que “o jornal é um lugar de memórias, onde você busca os acontecimentos da história do município. O arquivo JM é muito importante para o museu e à comunidade. Os jovens do futuro estarão bem servidos. Parabéns pelos 43 anos e continue nos presenteando com arquivos, que serão sempre bem-vindos”.

A entrega aconteceu na redação JM, devido à interdição do museu pelo segundo ano consecutivo.

É compromisso da direção da Gráfica e Editora Minuano Ltda/Jornal Minuano, com os municípios de atuação - Santa Bárbara do Sul, Saldanha Marinho e região, enquanto o meio de comunicação existir. Por se tratar de documento impresso em papel jornal, material reciclável e sensível, o arquivo preferencialmente deve ser armazenado no museu ou biblioteca. Não deve ser levado para casa. Se manuseado, somente por extrema necessidade, com acompanhamento das mantenedoras mencionadas.

OBS: É possível que o Jornal Minuano seja o único meio de comunicação impresso no país, que contribui com 100% de seus serviços aos municípios de atuação, tais como editoração, encadernação e doação de arquivo com todas as edições impressas durante o ano. Se alguém souber de algum entre em contato conosco.

A entrega aconteceu na redação JM, devido à interdição do museu pelo segundo ano consecutivo.


 


Comments


bottom of page