top of page
  • Foto do escritorRedação JM

Santa-barbarense Acadêmica de Ciência da Computação está entre os vencedores do Prêmio AgroInova

O Projeto TechTrap desenvolvido pelos acadêmicos do curso de Ciência da Computação do Campus Ibirubá, Andressa Lovato Soares e Rafael Lauxen e orientado pelo docente Ronaldo Serpa da Rosa é o grande vencedor do Prêmio AgroInova 2023.

A premiação é resultado de parceria da Confederação Nacional da Tecnologia da Informação e Comunicação (ConTIC), com o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional (CONIF) e apoio operacional da Telebrasil.

A informação foi repassada à reportagem pelo pai da jovem que é santa- barbarense.

No dia 14 de junho, no WTC Events Center, em São Paulo, durante o Painel Telebrasil Innovation, principal encontro de conectividade e inovação do Brasil, os acadêmicos e seu orientador apresentaram a solução tecnológica inovadora, que visa impulsionar a produtividade no campo, ajudar pequenos e grandes produtores na fruticultura. Na ocasião, o ministro das Telecomunicações Juscelino Filho esteve no stand do projeto e conversou com os acadêmicos.

O projeto “TechTrap - Sistema 4.0 automatizado de monitoramento remoto para auxílio no controle da mosca-das-frutas”, vem sendo desenvolvido junto ao Campus Bento Gonçalves e se caracteriza como solução baseada em IOT (Internet das Coisas), que visa auxiliar os fruticultores. A solução é composta por modelo de utilidade que possibilita a automatização de armadilhas de insetos, tornando-a dispositivo inteligente, ou seja, com o uso de Inteligência Artificial (IA). Ela é capaz de identificar os insetos presentes na fruta e a partir desta, pode emitir alertas e/ou criar mapas de infestação.

O projeto TechTrap foi amparado pelo recurso do Edital IFES n° 05/2020 - Empreendedorismo Inovador com foco na Economia 4.0 e atualmente compõe um dos produtos da startup Agri-T, incubada pelo IFRS, unindo tecnologia e agricultura.

Se você quer conhecer mais sobre o projeto siga a Agri-T no Instagram.

Fonte e fotos: Professora Lisiane de Oliveira/Instituto Federal

Portal Assinck


 


Comments


bottom of page