• Redação JM

Segunda onda de Coronavírus é realidade!

Secretários de saúde e governadores de vários estados do Brasil afirmam, que a segunda onda da Covid-19 é uma realidade no país. E dados endossam esta constatação. Levantamento da Fiocruz mostra que há uma tendência de alta no número de casos em pelo menos 12 capitais brasileiras. Deste total, sete apresentam taxas de ocupação de leitos de UTI exclusivos para a doença superiores a 80%, quando o ideal seria ficar abaixo de 70%.

A pandemia está mexendo com a economia e os negócios em todo o mundo. As autoridades de saúde acreditam que estados e cidades devem adotar medidas de restrição de circulação e de atividades econômicas. Assim como na Europa, estas novas regras devem se concentrar principalmente em atividades de lazer, como bares e eventos que gerem aglomerações, também o Poder Público precisa ter atenção, no processo de flexibilização.

Os pesquisadores da Fiocruz ainda observam que o Brasil nunca saiu de fato da primeira onda, com uma queda considerável na média diária de casos de Covid-19, oscilando entre 20 mil e 35 mil. Na Europa ficou bem mais clara a primeira onda e a segunda onda. Aqui no Brasil o número de casos estava caindo, mas não se chegou a um nível baixo e ainda está em um patamar alto de casos e de óbitos. A segunda onda da Covid, também já provocou superlotação, em centros de saúde públicos em algumas capitais. Onde a taxa de ocupação de leitos de UTI nos hospitais públicos passa de 90%. Está se observando algo parecido com o que aconteceu na Europa, houve descuido da população em relação às medidas de proteção contra a doença, até porque muitos achavam que as vacinas colocariam um fim na pandemia em alguns meses.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, afirmou que o Estado enfrenta uma segunda onda de Coronavírus e que medidas de restrição estão sendo impostas. Alerta que se apresenta para todo o Estado, na mesma direção que está acontecendo em outros estados do Brasil. O governo se encontrou com a Federação das Associações de Municípios e estabeleceu protocolos em função do quadro que estamos vivendo. Também vai trabalhar para afetar o menos possível a economia.

Então, amigos e amigas do JM, enquanto não liberar a vacina para todos, devemos continuar seguindo os protocolos. Acredito que as pessoas que desejam viver e amam a vida, não precisam ser inteligentes para seguir usando máscara, álcool em gel, distanciamento de 2 metros e sem aglomeração.

Se cada um fizer a sua parte, a vida agradece e o mundo também.




  • Ícone do Facebook Branco
  • whats
  • whats
  • email
  • email

Gráfica e Editora Minuano Ltda / Jornal Minuano

Diretor: João Sibirino
Dpto. Comercial: Edi Rejane Mentz 

Redação/Design: Vitor Fernando Lirio e Débora Menezes
Entregas / Cobranças: Álvaro Gerlack

© Criado por Jornal Minuano

 Av. Eduardo de Brito, 467 - Santa Bárbara do Sul-RS - CEP 98.240-000 - Tel: (55) 3372-1221 - WhatsApp: (55) 99961-4408

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Jornal Minuano.