top of page
  • Foto do escritorRedação JM

50 anos de orgulho nacional!

Um dos maiores programas de vacinação do mundo completa, cinco décadas de existência. Digno de orgulho de todos os brasileiros, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) é tão bem-sucedido que se tornou referência internacional, reconhecido, inclusive, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ao longo destes 50 anos, as conquistas foram espetaculares. O país controlou e eliminou doenças que antes causavam milhares de vítimas, casos da poliomielite conhecida como paralisia infantil e da varíola.

Veja a dimensão do programa: Desde o nascimento até a idade adulta, os brasileiros têm acesso a mais de 20 tipos de imunizantes contra diversas enfermidades. Pensemos em quantas vidas foram salvas e casos graves evitados nessa trajetória de êxito. É sempre importante lembrar que a proteção é gratuita e disponível para todos por meio do Sistema Único de Saúde. Realmente, um patrimônio nacional.

Infelizmente, nos últimos anos, nossa cultura de imunização sofreu sérios abalos. Mesmo com as doses ao nosso alcance, passamos a baixar a guarda. Entre os motivos para virarmos as costas a essa proteção, estão a percepção errônea de que algumas enfermidades não oferecem mais perigo; a falta de confiança nos imunizantes, motivada por fake news; a pandemia de Covid-19 e a ação de grupos antivacina. Consequentemente, minguaram as campanhas de comunicação que conscientizavam a população sobre a importância das doses.

O panorama hoje é de imenso perigo. As coberturas vacinais estão abaixo da meta de 95%, patamar estabelecido como seguro pela OMS. O país corre o risco de ver a reintrodução de moléstias gravíssimas. Em abril, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) alertou que entre 2019 e 2021, 1,6 milhão de crianças brasileiras não receberam nenhuma dose da vacina contra a poliomielite.

Confio, porém, que vamos conseguir reverter a situação, porque o Brasil voltou a colocar a imunização como prioridade. O Ministério da Saúde lançou o Movimento Nacional pela Vacinação, com série de ações e está em pleno andamento a campanha de multivacinação, voltada especialmente para crianças e adolescentes menores de 15 anos.

Com o governo fazendo a parte dele e a população se envolvendo, conseguiremos retomar as altas coberturas vacinais. Protegeremos principalmente nossos meninos e meninas de doenças sérias, evitáveis e comemoraremos mais décadas de sucesso do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Manter os cuidados é prevenção e evita prejuízos no futuro!


 


Comments


bottom of page